domingo, 30 de junho de 2013



SILÊNCIO...


Estamos quietas...
Eu e minhas amigas...
As acácias e as palmeiras...


Hoje no mais profundo...
De nossas entranhas...
Necessitamos fazer silêncio...
Para perguntar...
E encontrar respostas...


Num acordo harmonioso...
Onde até o vento amigo...
Se queda sussurrando suavemente...
Neste pacto silencioso... Respeitoso...
De espera...


A paz reina...
Os pombinhos permanecem tranquilos...
E cúmplices...
Em cima de alguns telhados...


E neste silêncio que conta coisas...
Estão todos a me dizer...


Espera... Espera...
As respostas das perguntas que faz...
Elas tardam...
Mas serão dadas...
E os caminhos mostrados...


Continuo então esperando...
Numa quietude mansa...
Me levanto e serenamente...
Sigo meu caminho...


Para viver mais um dia...
De trabalho... E realizações...
Que me trazem tanto orgulho...
Do que tenho feito de mim...
De como estou escrevendo a história...
Nas páginas do livro da minha vida...

                                                      Maria da Graça
                                           30/06/2013



quarta-feira, 26 de junho de 2013





 FIDELIDADE...


Hoje estou pensativa...
Coisas da vida...
Preço de viver...


Na volta do trabalho...
Passei pela praça das acácias das palmeiras...


Fugindo ao costume...
Me assento...
Bem no centro da praça...
Debaixo de duas lindas e imponentes palmeiras...


Como sempre...
Os pombinhos à minha volta...


Desde cedo venta...
Fico quietinha...
Ouvindo o som...
Dos galhos e folhas...
Balançando ao sabor do vento...


Atenciosamente procuro...
Escutar...
O que minhas amigas dizem...


Elas sussurram...
Fazendo do vento...
Mensageiro do seu recado...


O vento canta...
Nos meus ouvidos...
O recado em forma de melodia...


Que com elas posso contar...
Pedem para dizer...
Que não me faltarão...
E fielmente...
Sempre que eu passar...


Lá encontrarei...
Esplendor para os olhos...
Música para os ouvidos
Paz para o coração...
E sombra amiga para o descanso...


Ah! minhas amigas...
Renovem minhas forças...
E minha coragem...


Permitam que pegue carona...
No poder que possuem...
De sempre oferecer...


E frente às maiores...
Tristezas e ingratidões...
Continuam sua trajetória...
Traçada pelo PAI CELESTIAL...


Este PAI que na sua bondade...
Permite que a MÃE NATUREZA...
Me envolva...
Nesses eflúvios sublimes...
Devolvendo minha paz...


Quando não puder...
De imediato...
Trazer soluções...

                     Maria da Graça
           25/06/2013





domingo, 23 de junho de 2013




O meu desejo

                                           Florbela Espanca


Vejo-te só a ti no azul dos céus, 
Olhando a nuvem de oiro que flutua. 
Ó minha perfeição que criou Deus 
E que num dia lindo me fez sua! 


Nos vultos que diviso pela rua, 
Que cruzam os seus passos com os meus... 
Minha boca tem fome só da tua! 
Meus olhos têm sede só dos teus! 


Sombra da tua sombra, doce e calma, 
Sou a grande quimera da tua alma 
E, sem viver, ando a viver contigo... 


Deixa-me andar assim no teu caminho 
Por toda a vida, Amor, devagarinho, 
Até a morte me levar consigo...





domingo, 16 de junho de 2013

PARA REFLETIR

As mágoas e ressentimentos nos cegam...

A tal ponto que nem percebemos o quanto sofremos e principalmente, o quanto fazemos sofrer quem amamos...

Orgulho?
Teimosia?
Não sei...

O que sei é que aqueles que nos amam, nos respeitam....
Mas sofrem...

O perigoso de tudo isto é que o tempo passa velozmente...

Assuntos pendentes, estes levamos quando vamos embora deste mundo...

É decisão nossa em vez de LIXO, levar dentro do coração o LUXO das nossas melhores emoções...

AMOR...
PERDÃO...
RESPEITO...
AMIZADE...

Diminuir o fardo para carregar é decisão muito pessoal....

                                                                                     Maria da Graça
                                                                          16/06/2013




quarta-feira, 12 de junho de 2013




A  MAIOR  DAS  VENTURAS...


Sonhar...
Sonhos possíveis...
Que pertencem à minha vida...

Ousar ser feliz...
Começando pelos sonhos...
Que tanto desejo...
Se tornem reais...

Jamais desistir...
De buscar o que o coração sabe...
Ser a maior das venturas...

Saber esperar...
Para podermos sermos felizes juntos...
Sofrermos juntos...
Quando a vida vier com os desafios...

E neste intercâmbio...
De coração com coração...
A soma de um inteiro...
Com outro inteiro...

Dois seres que se completam...
Sendo ao mesmo tempo...
Tão diferentes...E tão iguais...

Como descrever...
Tamanha felicidade...
Impossível...

No tempo da espera...
Continuar crescendo rumo a evolução...
Saborear cada pequeno momento...
Junto com outros amores...
Todos eles com sabor de...
Eternidade...E brilho de estrelas...

                   Maria da Graça
        28/05/2013




DIA DOS NAMORADOS

Junto ou não...
Este é um dia de todos corações que sonham...
Se está junto, procurar estar junto cada vez melhor...
Se está separado... Sonhar sempre...
Tudo nesta vida acontece aos poucos...
Convites à paciência...
Sem pular etapas ter tranquilidade para esperar tudo acontecer no seu tempo certo...
E cada pessoa ser único que é... Tem seu próprio tempo...

                                Maria da Graça
                    12/06/2013



terça-feira, 11 de junho de 2013



AQUELES OLHOS NEGROS...

Olhos negros...
Em algum lugar...
Eternos...

Ausentes... Presentes...
O tempo...
Traz saudade...
Lembranças...

O negrume destes olhos...
Se mistura...
Com o meu olhar...

O coração...
Anda sem rumo...
Perambula...

Por estradas percorridas...
Inesquecíveis...
Ah! Olhos negros...

                         Maria da Graça
              11/06/2013





Sempre amei esta música...
Olhos Negros é uma canção russa.
Gosto tanto que postei ela  em duas versões.
Vale ouvir, com certeza trará ternas emoções...



sábado, 8 de junho de 2013



BAILADO...


Vento amigo...
Obrigada...
Pelo frescor da brisa suave...
Que me envolve...
E faz meus cabelos dançarem...

Obrigada mãe natureza...
Pelos pombinhos à minha volta...
Tão mansinhos...Tranquilos...
Comendo o alimento que eu trouxe para eles...
É mesmo uma verdadeira delícia...

Hoje mais do que qualquer outro dia...
Estou feliz por existir...
Por ter coragem...
De amar...
De sentir emoções sem reservas...

Os galhos das minhas amigas...
Acácias e palmeiras.
Balançam num bailado...
Suave...De um lado para o outro...
Contando para a mãe natureza...
O prazer que estão sentindo...

Todos os dias mereço sentir em plenitude...
Toda esta magia...

Eu, minhas amigas acácias, as palmeiras.
Os pombinhos...
As pessoas...
Todos envolvidos...
Pelos eflúvios magistrais...
Da nossa grandiosa...
Mãe natureza...
Sublime demais...

                          Maria da Graça
               04/06/2013

sábado, 1 de junho de 2013





Nas palmas de tuas mãos leio as linhas da

 minha vida.

                                         Cora Coralina



"Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar." (Dalai Lama)