sábado, 31 de dezembro de 2016





PAZ E ALEGRIA para você ...

                                        Maria da Graça



REFLEXÕES DE FIM DE ANO

Este foi um ano bem difícil...

Convites para enfrentar com coragem os inúmeros desafios...

Os resultados colhidos são maravilhosos...

Oportunidade de me tornar mais forte, e aprender a compreender a vida de uma forma mais ampla... 

Com a ESPERANÇA renovada os SONHOS permanecem...

Ter como objetivo ser FELIZ e fazer os outros FELIZES...

Nunca deixar de sorrir por mais que o teimoso coração queira me fazer chorar...

                                         Maria da Graça
                                 31/12/2016

sábado, 24 de dezembro de 2016

JESUS
SEJA LUZ NA MINHA VIDA E DAQUELES QUE AMO...
INSPIRA-NOS PARA ESCOLHERMOS PERCORRER OS CAMINHOS MAIS ACERTADOS...
OS CAMINHOS DO AMOR...
FELIZ NATAL!!!

             Maria da Graça

terça-feira, 29 de novembro de 2016




PÉTALAS AO VENTO

Amigas ACÁCIAS... PALMEIRAS...
Aproveito o tempo disponível...
Assento-me quietinha na praça amada...


Busco reviver emoções deliciosas...
Sentir as vibrações salutares que emanam das minhas amigas trazendo paz...
Aconchego-me no frescor da sombra que ofertam...


O vento amigo balança os galhos...
Dos cachos das flores amarelinhas das acácias, soltam-se as pétalas...
Que voam sob o comando do vento...


E meu olhar de magia...
Contempla pepitas de ouro...
Que voam brilhando com a luz que reflete do sol acariçiante...


AH!
Alegria e prazer...
Sentimentos que misturam-se... 
Tornando o meu dia mais lindo do que é...


Louvada sejas prodigiosa MÃE NATUREZA... 
Pelos magníficos espetáculos que oferta aos homens...

                                                                       Maria da Graça
                                                                02/12/2016

quarta-feira, 19 de outubro de 2016


QUEM SABE UM DIA...


Hoje sinto o coração invadido pela saudade...
Desejo incontrolável de reviver emoções...
Que trouxeram e ainda trazem prazer e alegria...


Sinto-me envolvida pelas lembranças...
Onde está você parte colorida do meu ser?


Nem a distância e a separação impedem o despertar de emoções que só você consegue...
A razão não convence o coração com nenhum argumento...


Não há possibilidade de esquecer...
Minha parte racional não deseja apagar o arquivo de lembranças...


Como esquecer?
Nem mesmo adianta tentar...
Dia a dia vou sendo mantida pela saudade...
Pelas lembranças...


                                                                Maria da Graça
                                                       

segunda-feira, 26 de setembro de 2016



PROCURA DE SOLUÇÕES...


Minhas doces e fiéis amigas...
Acácias e palmeiras...
Hoje novamente venho até vocês para trocar confidências...
Falar das preocupações que a vida traz...


O coração fica ferido e assustado...
Na procura de soluções e caminhos...


Necessário se faz ter muita confiança...
Vencer o medo e a desconfiança...
Um desafio...


Eu conto das minhas dores...
Vocês sussurrando confidenciam da imensa capacidade,
que a MÃE NATUREZA deu a vocês...
Capacidade de consolar, proteger e alegrar...
Com a sombra o verde e o colorido exuberante...


Galhos com folhas e flores...
Cantando em parceria com o vento amigo, acariciando mansamente...
Que delícia... Que prazer...


As preocupações são inúmeras...
Mas consigo sentir imensa paz...


Fecho os olhos e sinto-me agradecida...
Neste exato momento o tempo para e não existem preocupações...


Fico extasiada...
Gratidão é o que sinto...

                                       Maria da Graça
                              13/04/2016



quarta-feira, 27 de julho de 2016


PODER  SENTIR


Na minha dor...
Consolo não quero...
Escolho sentir a dor...


Da SAUDADE...
Intensa... Profunda...
Sinto como se o coração parasse de bater...
Dando pausa para sentir...


É como se a vida fugisse de mim...
Na confusão que acontece aqui dentro...
Fico quieta...


Olho com atenção para dentro...
Percebo que somente sua imagem permanece...
Intacta...Protegida...
De qualquer equívoco...


Quem me conta em segredo esta verdade?
Meu coração...
Este traidor da minha razão...


Me revela entre sussurros...
Ternos e Eternos...
Que dentro dele o centro é você...


                                         Maria da Graça
                                  


domingo, 12 de junho de 2016


DISTÂNCIA


Uma semana? Uma eternidade?
Assim o coração computa a saudade imposta pela separação...
Sem muita lógica, apenas sente no profundo da emoção...



Registra o tempo que meus olhos estão distantes...
Daquele olhar que acalma e faz feliz...



Através do vento amigo...
O coração manda recados...
Conta sussurrando dos cuidados pela oração  e da fidelidade...



Apesar da separação e da distância...
O vento conta que o amor é, e sempre será o mesmo...
E que nada muda na verdade perene...
Que o tempo e a distância pouco representam...
Para o amor verdadeiro...



Porque na ausência presente...
O que permanece intocável é o amor...


                                         Maria da Graça
                          


quarta-feira, 4 de maio de 2016


Quatro  Anos do Luz


O tempo passa...

Quatro anos do Luz da Minha Alma.

Como ele é importante e precioso para mim...

Ao cria-lo estava a procura de um espaço, onde pudesse dividir o que se passa aqui dentro...

As emoções vindo aos borbotões e necessitando, serem objetivadas nas palavras escritas...

Só escrevo o que sinto na alma, e o faço com simplicidade e carinho.

Meu Pai Celestial tem preenchido meu coração com muito amor.

Tenho que dividi-lo para se multiplicar...

Por isso escrevo...

Minha alma alça voos nas imensidões de mim mesma...

Por isso escrevo...

Já não consigo mais parar de escrever...

Enquanto meu Pai Celestial me agraciar com a inspiração escreverei...

Abraço carinhoso de agradecimento a todos que tem feito parte desta trajetória da minha vida...

Meus amigos virtuais...

As palavras escritas são magicas e a telas dos nossos computadores mostram a alma de cada um de nós...

Parabéns LUZ  DA  MINHA  ALMA...

Parabéns...

                             Maria da Graça
                   04/05/2016


segunda-feira, 18 de abril de 2016




SAUDADE

Saudade é solidão acompanhada,

é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais... 

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.
                                                            (Pablo Neruda)

Charlie Chaplin e Pablo Neruda
dupla perfeita para os sonhadores...

Lindo Vídeo






PERENE  UNIÃO...


Perdida no tempo...
Está nossa história...


Todas alegrias e tristezas...Que compõem...
A trajetória de nossas almas...


Amor sublime...
Que sabe esperar...
Que sabe compreender...


Cada um tem seu tempo...
De aceitar ...O que representa...
Está perene união...


A vida é eterna...
O que será daqui para frente...
Sempre imprevisível...


Os caminhos...
Muitas vezes mudam...
Preciso é aceitar o fato...


E seguir estes novos rumos...
Que foram projetados nas estrelas...
Mesmo com o coração ferido...
Mas com todo poder  adquirido...
Na pratica do amor e pelas escolhas certas...


                                                                      Maria da Graça
                                                       


quinta-feira, 17 de março de 2016



FIDELIDADE...



Hoje estou pensativa...
Coisas da vida...
Preço de viver...


Na volta do trabalho...
Passei pela praça das acácias das palmeiras...


Fugindo ao costume...
Me assento...
Bem no centro da praça...
Debaixo de duas lindas e imponentes palmeiras...


Como sempre...
Os pombinhos à minha volta...


Desde cedo venta...
Fico quietinha...
Ouvindo o som...
Dos galhos e folhas...
Balançando ao sabor do vento...


Atenciosamente procuro...
Escutar...
O que minhas amigas dizem...


Elas sussurram...
Fazendo do vento...
Mensageiro do seu recado...


O vento canta...
Nos meus ouvidos...
O recado em forma de melodia...


Que com elas posso contar...
Pedem para dizer...
Que não me faltarão...
E fielmente...
Sempre que eu passar...


Lá encontrarei...
Esplendor para os olhos...
Música para os ouvidos
Paz para o coração...
E sombra amiga para o descanso...


Ah! minhas amigas...
Renovem minhas forças...
E minha coragem...


Permitam que pegue carona...
No poder que possuem...
De sempre oferecer...


E frente às maiores...
Tristezas e ingratidões...
Continuam sua trajetória...
Traçada pelo PAI CELESTIAL...


Este PAI que na sua bondade...
Permite que a MÃE NATUREZA...
Me envolva...
Nesses eflúvios sublimes...
Devolvendo minha paz...


Quando não puder...
De imediato...
Trazer soluções...


                     Maria da Graça
           25/06/2013



sábado, 13 de fevereiro de 2016



Sentir Só

Diariamente, enfrento esta solidão povoada de pessoas à minha volta.

Esta solidão que não se acaba pela companhia de alguém.

É a solidão de ver o tempo passar.

Ela mora nos recônditos mais secretos da minha alma.

Às vezes, é difícil admitir até para mim, sua existência.

A dificuldade que enfrento de me tornar mãe de minha mãe; à medida que esta inversão de papéis vai acontecendo, sinto minha alma ferida e amedrontada.

O quanto machuca aceitar as coisas que não podemos mudar mesmo tendo certeza da verdade.

Esta solidão que sinto, quando sei a forma correta de fazer algumas coisas e ter que respeitar aqueles que amo a encontrarem seus próprios caminhos.

Sinto-me só por já ter encontrado alguns caminhos e ter que aceitar que, na maioria das vezes, este aprendizado só serve para mim.

Quanta solidão quando quero dividir coisas lindas e mágicas, que o PAI Celestial me manda e tenho que procurar, cuidadosamente, pessoas especiais que compreendam...

Aqui dentro estão os meus caminhos, é preciso encontrá-los.

Mas, é necessário muita coragem e sabedoria para achá-los.

O silencio é uma conquista preciosa, aprender a gritar sem palavras só pelo exemplo do que tenho coragem de viver e ser...

Como me sinto muitas vezes só, por ter a firmeza de permanecer nos caminhos encontrados, principalmente, quando não sou compreendida.

Machuca o coração...

O tempo passa, tudo está sempre mudando e a vida caminha.

Eu também caminho e mudo...

É necessário compreender estes convites da vida para crescer e seguir em frente.

Jamais estacionar nesta jornada, principalmente, aqui dentro de mim.

Começa aqui dentro todo o processo de crescimento e compreensão dos desfechos da vida.

Sinto medos!

Claro que sinto, fico aterrorizada...

Então, olho para dentro de mim, aqui encontro respostas, aqui encontro toda a força que preciso para passar por estes desafios que fazem parte das vidas dos humanos.

Então, respiro fundo, levanto a cabeça me coloco de pé e sigo todos os dias; mais um dia vivido, onde procuro fazer e agir, oferecendo tudo do melhor que posso.

O segredo!

Amar-me e amar a vida e as pessoas.

Ter paz mesmo frente às dificuldades.

O controle de minhas emoções me abre um leque de possibilidades onde acho sempre as respostas que procuro.

Basta prestar atenção nos meus medos, nas minhas conquistas, nas alegrias e tristezas.

Isto é viver...

                  Maria da Graça
        02/06/2012



"Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar." (Dalai Lama)