sábado, 30 de março de 2013




SÚPLICA

Ajuda...PAI CELESTIAL....
Este coração...
Sofrido...Machucado...
Pela vida...Pelas pessoas...

Coração que não soube...
Superar os desafios...
Impostos por outros corações...
Invigilantes...Sem amor...

Feriram sem hesitação...
Sem pensar nas consequências...
Dos seus atos...

Porque insiste ainda?
Em permanecer...Machucado...
Com esta dor presa dentro do peito...
Impedindo de enxergar...O amor...
Que vem de outros corações...
Que sonham...E sempre sonharam...
Com sua volta...

Antes não podiam ainda...
Pelos compromissos assumidos...Nas estrelas...

Mas agora?Depende...
De escolhas...De decisões...

           Maria da Graça
16/01/2013





Páscoa--Ressurreição
Voltar à vida...

Quantos de nós estamos sem vida por aqui mesmo...
Sempre negando o que se passa no coração...
Vivendo uma vida...
Sem viver a própria vida com alegria no cumprimento dos compromissos caros ao coração...

Coração de Ouro.

Feliz Páscoa.
Flores pra você.

                      Maria da Graça
                      30/03/2013


domingo, 24 de março de 2013





ALMA  GÊMEA
                                        EMMANUEL

Alma gêmea da minh’alma,
Flor de luz da minha vida,
Sublime estrela caída
Das belezas da amplidão!...
Quando eu errava no mundo, 
Triste e só, no meu caminho,
Chegaste, devagarinho,
E encheste-­me o coração.


Vinhas na bênção dos deuses,
Na divina claridade, 
Tecer-­me a felicidade  
Em sorrisos de esplendor!... 
És meu tesouro infinito,
Juro-­te eterna aliança, 
Porque sou tua esperança, 
Como és todo o meu amor!


 Alma gêmea da minh’alma,
 Se eu te perder, algum dia,
 Serei a escura agonia
 Da saudade nos seus véus...
 Se um dia me abandonares,
 Luz terna dos meus amores, 
 Hei de esperar-­te, entre as flores 
 Da claridade dos céus...

Do livro-Há Dois Mil Anos-psicografia(Chico Xavier)




Sublime poesia de Emmanuel, escrita para sua alma gêmea Lívia.
Ela se encontra no maravilhoso livro psicografado por Francisco Cândido Xavier (Há Dois Mil Anos) autoria-Emmanuel.
Vale conferir esta obra magnifica do Sr Chico e Emmanuel, leitura rica de emoções...
Para sonhar...
Mesmo que se realize só lá nas estrelas...
E depois de muito trabalho no mundo material...

                                                          Maria da Graça
                                                           24/03/2013
                                                                                                                                   

sexta-feira, 22 de março de 2013




Não dês valor maior ao meu silêncio; E se leres recados numa folha branca, Não creias também: é preciso encostar Teus lábios nos meus para ouvir.
                                  Lya Luft

sábado, 16 de março de 2013








ALÉM DA VIDA
                   Paula Fernandes


Um sentimento vai 
Além da vida pra dizer 
Que nunca é tarde pra tentar 
Um grande amor então viver 


Já fui ferido 
Também chorei, posso entender 
Mas esse amor além da vida vamos viver 


Eu já fui teu sol, fui teu luar 
Dei tudo de mim pra te convencer 
De que eu sou o amor e parte de mim pertence a você 


Mil vidas de amor pra continuar 
Tentar ser feliz sem fazer sofrer 
De volta ao que eu sou, eu renasci pra te merecer 

sexta-feira, 15 de março de 2013



SEU  OLHAR

Seu rosto permanece entre as neblinas...
Que a chuva formava...
Embaçando as vidraças...


Sinto o coração apertado...
Porque necessito ver o contorno...
De cada pedacinho do seu rosto...


Fui lá para isto...
Mas não consegui ver seus olhos...
Nem seu rosto...
A chuva me impediu...


Preciso olhar nos seus olhos...
Sentir a doçura que deles emana...
Doçura que nos pertence...


Mesmo que não admitas...
O clarão dos seus olhos conta...
O que os lábios não dizem...
E o racional nega...


Mas os vidros permaneceram embaçados...
Pela chuva caindo do céu...
E meus olhos...
Pela chuva que brota do coração...

                                            Maria da Graça
                                    04/03/2013





CORAÇÃO DE OURO que anda por aí...
Como tudo é tão breve...
De permanente só o amor, que tem por morada o próprio coração...
Amor que o tempo eterno não consegue apagar...
Basta reencontrar e a alma sabe...
Só é preciso admitir...
E aproveitar o tempo que jamais volta...
Flores pra você...

                Maria da Graça
      15/03/2013



domingo, 3 de março de 2013


Sentir Só


Diariamente, enfrento esta solidão povoada de pessoas à minha volta.

Esta solidão que não se acaba pela companhia de alguém.

É a solidão de ver o tempo passar.

Ela mora nos recônditos mais secretos da minha alma.

Às vezes, é difícil admitir até para mim, sua existência.

A dificuldade que enfrento de me tornar mãe de minha mãe; à medida que esta inversão de papéis vai acontecendo, sinto minha alma ferida e amedrontada.

O quanto machuca aceitar as coisas que não podemos mudar mesmo tendo certeza da verdade.

Esta solidão que sinto, quando sei a forma correta de fazer algumas coisas e ter que respeitar aqueles que amo a encontrarem seus próprios caminhos.

Sinto-me só por já ter encontrado alguns caminhos e ter que aceitar que, na maioria das vezes, este aprendizado só serve para mim.

Quanta solidão quando quero dividir coisas lindas e mágicas, que o PAI Celestial me manda e tenho que procurar, cuidadosamente, pessoas especiais que compreendam...

Aqui dentro estão os meus caminhos, é preciso encontrá-los.

Mas, é necessário muita coragem e sabedoria para achá-los.

O silencio é uma conquista preciosa, aprender a gritar sem palavras só pelo exemplo do que tenho coragem de viver e ser...

Como me sinto muitas vezes só, por ter a firmeza de permanecer nos caminhos encontrados, principalmente, quando não sou compreendida.

Machuca o coração...

O tempo passa, tudo está sempre mudando e a vida caminha.

Eu também caminho e mudo...

É necessário compreender estes convites da vida para crescer e seguir em frente.

Jamais estacionar nesta jornada, principalmente, aqui dentro de mim.

Começa aqui dentro todo o processo de crescimento e compreensão dos desfechos da vida.

Sinto medos!

Claro que sinto, fico aterrorizada...

Então, olho para dentro de mim, aqui encontro respostas, aqui encontro toda a força que preciso para passar por estes desafios que fazem parte das vidas dos humanos.

Então, respiro fundo, levanto a cabeça me coloco de pé e sigo todos os dias; mais um dia vivido, onde procuro fazer e agir, oferecendo tudo do melhor que posso.

O segredo!

Amar-me e amar a vida e as pessoas.

Ter paz mesmo frente às dificuldades.

O controle de minhas emoções me abre um leque de possibilidades onde acho sempre as respostas que procuro.

Basta prestar atenção nos meus medos, nas minhas conquistas, nas alegrias e tristezas.

Isto é viver...


             Maria da Graça
   02/06/2012




"Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar." (Dalai Lama)